Meu perfil
BRASIL, Centro-Oeste, CUIABA, CPA III, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Esportes, Esportes de aventura
MSN -




Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 CORRENDO NA CHUVA
 AMO CORRER
 Grupo + que prazer
 UOL - O melhor conteúdo
 Carros




Blog de Personal Valdecarlos
 


ORIENTAÇÕES DE VÉSPERA DE PROVA

 

 

Orientação

Explicação

Dieta no sábado

Café da manhã e almoço: alimentação normal.
Jantar com predomínio de massas, pães, arroz.

Evitar alimentos gordurosos, excesso de proteínas (carne, frango, peixes, ovos, frios).

Evite jantar após às 22h.

Dificilmente interfere na corrida do dia seguinte.
Massas e outros carboidratos são essenciais para repor o glicogênio muscular, evitando assim a estafa muscular por falta de combustível.

A digestão lenta destes alimentos poderá fazê-lo dormir mal e não ter um sonho reparador.

Jantar muito tarde poderá fazer com que acorde ainda com o estomago empachado.

Dieta do dia da Prova

Café da manhã: procure comer carboidratos de fácil digestão (torradas, biscoitos de água e sal, bolos não gordurosos).
Utilize geléia a vontade, pouca manteiga e poucos frios.

Procure tomar chás e sucos diluídos. Evite tomar muito leite ou café.

Carboidratos complexos (amidos) são de fácil digestão e absorção, estarão presentes na circulação sanguínea após aproximadamente 40 minutos.

Alimentos protêicos ou gorduras são de digestão lenta e poderão retardar o esvaziamento gástrico durante a digestão e prejudicar o tempo de absorção, o que fará com que você corra com estômago cheio.

O leite como alimento proteico, poderá retardar o esvaziamento gástrico, dependendo da capacidade digestiva do corredor. O café em excesso poderá deixar mais excitado e aumentar a pulsação cardíaca.

Hidratação

Após o café da manhã, tome pequenas quantidades de líquidos a cada 20 minutos (50ml), durante a prova hidrate-se em todos os postos.

É importante manter seu corpo hidratado, o melhor sinal disso é a urina clara.

Durante a prova haverá postos de hidratação ao longo do percurso, não deixe de se hidratar desde o começo, pois a falta de hidratação poderá prejudicar a sua potência e resistência de corrida.

Energéticos no dia da prova

Se for utilizar “energéticos-carboidratados”, comece apenas 20 minutos antes da largada

O uso muito antecipado de “energéticos-carboidratados” contendo açúcares, glicose ou maltodextrinas poderá levar a hipoglicemia reativa durante a corrida,prejudicando a performance

Alongamento, aquecimento e desaquecimento

Alongue-se antes e após a corrida.

Aqueça antes.

Desaqueça depois.

O alongamento antes previne distensões musculares, alongamento depois previne retrações musculares.

Aquecimento antes aumenta a circulação sanguínea no músculo, preparando-o para a corrida.

Desaquecimento gradativo depois da corrida evita a formação de grandes quantidades de radicais livres, diminuindo a incidência de isquemia coronariana.

Ritmo da Corrida

Corra sempre no ritmo confortável. Dicas:

1. Conseguir conversar com o companheiro enquanto corre.
2. Conseguir cantarolar durante a corrida.
3. Conseguir falar num fôlego só enquanto corre: ”Eu moro para lá de Paranapiacaba”.4-Em dia quente e úmido, se sentir mal, diminua o ritmo além de hidratar-se.

Quando o ritmo começa tornar-se anaeróbio poderemos ter:

Empachamento gástrico, pois o sangue é desviado do aparelho digestivo para os membros.

Falta de ar, dores no peito ou cefaléia em função de um organismo mal adaptado.

Queda de açucar no sangue (hipoglicemia), ocasionando tonturas, suor frio e desmaios.

Quando o ritmo é forte em dia quente e úmido, o calor da contração muscular não consegue emanar pelo suor através da vaporização, podendo levar a hipertermia.

Cuidados após a chegada

Após cruzar a linha de chegada, caso não esteja sentindo-se bem, procure a equipe médica que estará de camiseta branca, identificado como staff médico.

Pode ocorrer de você ter feito uma boa prova, e após cruzar a linha de chegada não se sentir bem, pois a adrenalina diminui e acarreta uma leve queda da pressão arterial, principalmente naqueles que correram forte, procure desacelerar devagar após cruzar a linha de chegada, não pare repentinamente.



Escrito por Personal Valdecarlos - 65-8117 às 15h08
[] [envie esta mensagem
] []





CORRIDA BOM JESUS: ANÁLISE DE PERCURSO

A corrida Bom Jesus de Cuiabá está na sua 23ª edição e até hoje a uma controvérsia quanto a seu percurso.

Oficialmente é tido como 8 km, mas, em medidas extraoficiais, pelo google maps,a cusam 8,32 km.

Tem uma edição desta corrida ainda que geral uma grande confusão na chegada, pois o mapa indicava um caminho, mas os batedores foram por outro. A decisão do vencedor foi por vídeo tape.

Apesar disso tudo, minha preocupação é outra, quando se fala no percurso, muitos se assustam ao saber que deverão subir a temida Av. Mato Grosso.

Antes dela tem vários outros trechos que deverão tomar a atenção do atleta/corredor.

No início da prova logo aos antes de  completar o 1 km, temos a íncrime descida da Isaac Póvoas,  são mais de 1 km de descida forte e como é no começo, o atleta/corredor, com todo o gás pode se dar mal por ai.

Minha dica é: não solte na banguela, procure manter o controle da corrida, não vá se desgastar e melhor não corra o risco de uma lesão no início da prova.

Passando a Isaac, vamos entrar na Prainha, um bom trajeto para se repensar a estratégia, teremos 1km de trecho plano, já estaremos entrando no 3º km.

Na altura do relógio da Centro América, começa uma subidinha da Av. do CPA, serão 2,5 km de subida que serão compensados na volta com, o mesmo percurso de descida que vai culminar no início da temida Av. Mato Grosso.

Ai serão 6,5 km já corridos, respire fundo e suba a Mato Grosso, apesar de íngreme, são 700 metros, que te levarão a Av. Presidente Marques, a reta final, que também é uma subida, só que bem mais leve.

Aproveite o domingo e divirta-se.

 



Escrito por Personal Valdecarlos - 65-8117 às 09h48
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]